TERCEIRIZAÇÃO DA TI: COMO CALCULAR O ROI?

NEWSLETTER

Postagens Recentes

Acompanhe todas nossas postagens

O retorno sobre o investimento, ou ROI, é um dos mais básicos dos indicadores financeiros no mundo empresarial. É o padrão adotado por empresários para determinar como eles vão usar seus recursos para maximizar como oportunidades de negócios e lucros. Entender o retorno sobre o investimento está se tornando ainda mais crucial à medida que as estratégias de terceirização das empresas evoluem.

Um obstáculo fundamental é que os benefícios da terceirização podem ser difíceis de quantificar. É pouco provável que as economias de custo representem um desafio, já que comparar as economias reais e esperadas deve ser simples. Mas outros benefícios, como a mitigação de riscos e liberação de pessoal interno para se concentrar em atividades que agregam valor, não são tão fáceis de medir.

Como, então calcula o ROI da terceirização de TI? Confira nossas dicas.

Realize uma análise de custo-benefício

Antes que as atividades sejam terceirizadas, uma análise de custo-benefício também deve ser realizada no acordo proposto para entender o ROI esperado. Do lado do custo, as empresas devem estar cientes de que certos fatores podem ser negligenciados. Se a sua empresa estiver considerando uma terceirização, confirme se a cotação que você recebe é um preço com tudo incluído ou se outros custos podem ser posteriores.

Em seguida, é calculado o cálculo o valor dos benefícios e subtraí-los dos custos calculados o valor total do contrato. As áreas em que você pode querer se concentrar incluir uma capacidade de controlar os custos de capital, convertendo os fixos em variáveis, qualquer redução nas despesas gerais e liberação de recursos internos para se concentrar nas competências essenciais.

Finalmente, sua equipe deve concordar sobre como os benefícios serão medidos. Medidas qualitativas são geralmente mais específicas de mensurar do que as quantitativas, mas esses fatores devem ser considerados, pois determinam o sucesso do acordo de terceirização. O valor financeiro não deve ser a única coisa considerada quando se realiza uma análise de custo-benefício – os problemas de gerenciamento removidos, a entrega de inovação e uma visão sobre a vantagem competitiva são alguns fatores que sua empresa deve considerar.

Quando o desempenho da infraestrutura é importante, você pode contar com investimento e capital ilimitados para fornecer métricas adequadas às suas necessidades. Isso garante a integridade de processos, procedimentos e sistemas de informação, ajudando todos a trabalharem juntos em suas respectivas funções de maneira eficiente.

Quantifique os benefícios antecipados

Do outro lado da equação de ROI, sua empresa deve determinar os benefícios esperados com o acordo de terceirização. Estes não estão limitados a, mas podem incluir:

  • Maior controle de custos: com a terceirização, uma pequena empresa tem a capacidade de controlar o capital e converter custos fixos em variáveis. Ao liberar capital, você tem mais dinheiro para investir em outras áreas produtivas do seu negócio;
  • Menor custo adicional: comparar o custo da terceirização com o de realizar o trabalho internamente lhe dirá se a terceirização reduzirá seus custos. Fazer tudo internamente requer recursos como espaço, salários, materiais de escritório, benefícios etc. Isso pode elevar os custos gerais em comparação com a terceirização de funções não essenciais;
  • Um foco nas principais competências: embora seja difícil quantificar, esse pode ser o maior benefício de todos. As competências essenciais distinguem uma empresa de seus concorrentes. Determine o que o diferencia e aplique os recursos às áreas liberadas pela terceirização. O valor de se concentrar nas competências essenciais pode ser medido por meio de crescimento mais rápido e maior lucratividade;
  • Maior eficiência: fazer tudo internamente, muitas vezes, pode gerar um custo exorbitante. A maioria das pequenas e médias empresas não possui estrutura ou escala para realizar tarefas de maneira tão eficiente e eficaz quanto uma equipe terceirizada;
  • Um campo de atuação mais nivelado: quando sua empresa terceiriza, você tem acesso à mesma experiência de alto nível que as grandes organizações. Enquanto uma grande empresa tem a experiência de um CFO em tempo integral, o que gera alto custo, um pequeno negócio pode aproveitar a experiência de um CFO terceirizado de meio período;
  • Inovação: trazer especialistas externos cria a capacidade de detectar ineficiências que, de outra forma, não seriam detectadas. Se sua equipe de gerenciamento realmente se concentrar em competências essenciais, ela encontrará novas e melhores maneiras de terceirizar as tarefas que são distrações – e agregar valor às tarefas que permanecem dentro da organização.

Por fim, embora a auditoria de ROI forneça benefícios claros para empresas que utilizam serviços terceirizados, é preciso ter em mente que esse tipo de exercício também beneficia os próprios provedores.

É uma excelente ideia para pequenas empresas avaliar o ROI em seus contratos de terceirização. Ao comparar custos e benefícios, se você está fazendo uma comparação justa, que leva em conta tanto o que está gastando quanto o que está recebendo ou não obtendo: a saúde de sua organização e de sua própria autoridade depende disso.

Preparado para calcular o ROI da terceirização? Acompanhe nosso blog e confira muito mais dicas como essas!

gdpr-image
Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao utilizar este site você concorda com nossa Política de Proteção de Dados.
Leia Mais